Blog

Duração do Treino vs Intensidade, o que mais importa?
Treino

04 Novembro 2021

Duração do Treino vs Intensidade, o que mais importa?

Duração do Treino vs Intensidade, o que mais importa?

Uma das questões que ainda dá que falar e que, por vezes, gera algumas dúvidas, é importância da duração do treino vs intensidade. Afinal... qual é a mais importante?


Para responder de um modo bastante simples, convém, antes de mais, clarificar que a eficácia do treino não está diretamente associada ao tempo, mas sim, o que fazemos e como o fazemos é que será determinante para obter os resultados desejados.


>> Clica aqui: PROMOÇÕES DE HOJE <<


Neste sentido, então que tipo de treino será ideal para mim? Tudo depende do nível de preparação ou condição física em que nos encontramos, assim como o nosso objetivo. Alguns estudos atuais demonstram resultados idênticos ou superiores em treinos mais curtos e com intensidades mais elevadas, em comparação com treinos mais longos. No entanto, nem todas as pessoas estão preparadas para realizarem treinos de alta intensidade. Deste modo, será importante realizar um trabalho progressivo e adaptado às necessidades individuais de cada pessoa.


Independentemente do tempo de duração do treino, a intensidade e a qualidade será preponderante para uma boa adaptação e evolução para treinos mais exigentes. Assim sendo, a qualidade de movimento deverá ser a principal preocupação inicial, de forma a proporcionar uma maior solicitação do organismo como um todo, mas principalmente, minimizando os riscos de lesão. Contudo, entre a duração e a intensidade, no nosso entender, a intensidade será sempre a mais importante. No entanto, deveremos compreender e respeitar a interdependência entre volume e intensidade encontrando o equilíbrio necessário entre ambas, de modo a desafiar o nosso corpo de forma segura e eficaz, mas sem qualquer risco para a nossa saúde.


Tendo em conta que a falta de tempo é uma das principais causas apontadas para a maioria das pessoas para não praticar exercício físico regularmente, então poderemos de forma cuidada e planeada ajustar o treino para intensidades superiores, procurando, assim, um treino mais eficiente. Ou seja, a seu tempo, com treinos mais curtos e mais intensos poderemos não só atingir os nossos objetivos, como beneficiar dos mesmos resultados de treinos mais longos.


Por Ricardo Jesus, Personal Trainer na Academia Bodylab


>> Este artigo foi útil para ti? Subscreve a newsletter. É grátis. CLICA AQUI  <<