Blog

7 Dicas para aliviar as dores musculares
Treino

26 Setembro 2019

7 Dicas para aliviar as dores musculares

7 Dicas para aliviar as dores musculares

Sofres de dores musculares após os treinos? Decerto que já ouviste dizer que se sentes dor depois de um treino, é sinal que treinaste bem. Será que é verdade?


Em parte sim, porque, para a ocorrência de hipertrofia muscular, é necessário que ocorra uma adaptação muscular, que passa pela ocorrência de inflamação. Isto é, durante o exercício físico, há uma resposta dos músculos e tendões à carga que provoca adaptações musculares, como lesões nas fibras musculares e processo inflamatório, que imediatamente se sucede de reparação/ anabolismo.


Fruto desta reação muscular, surgem as dores musculares pós-exercício físico ou DOMS (Delayed Onset Muscle Soreness). Este processo de adaptação começa logo no final do treino e tem o seu pico durante as primeiras 24h após o estímulo, provocando algumas dores e desconforto muscular. Para quem está a iniciar a prática desportiva pode sentir estas dores durante as primeiras semanas de treino.


Portanto, a inflamação/ dor faz parte do sucesso do treino. O problema é quando estas dores são fortes e constantes, podendo significar que algum exercício não foi feito corretamente, que precisas de descanso ou que tens défice de algum nutriente importante para o processo de recuperação muscular.


Dicas para evitar e tratar as dores musculares:


1. Planeia o teu treino, de preferência com acompanhamento de um profissional de desporto, para que não seja demasiado exigente e acima das tuas capacidades.


2. Faz sempre um bom aquecimento com uma intensidade moderada e crescente de pelo menos 10 minutos.


3. Segue um plano alimentar aconselhado por um nutricionista, para que a quantidade de macronutrientes, como hidratos de carbono e proteínas, sejam ajustadas ao teu dia-a-dia e consoante o teu objetivo. Os Hidratos de Carbono são importantes para repor a energia despendida no treino e a proteína para reparar e nutrir os músculos.


4. Nutre os teus músculos imediatamente após o treino com um suplemento pós-treino:


No pós-treino, o organismo tem uma “janela” de eficácia para reparação e para evitar o catabolismo muscular, pelo que a suplementação deve ser feita no máximo até 2 horas após término do treino.
A suplementação no pós-treino é fundamental para repor a energia gasta, nutrir os músculos com os nutrientes que lhes são essenciais (como proteína, BCAAs e Glutamina), evitar a degradação muscular, reduzir a dor, evitar a ocorrência de inflamação exacerbada e evitar a ocorrência de lesões.
Assim, recomendamos o All In Recoup da Rockpsprint, um suplemento rico em todos os ingredientes fundamentais para uma boa recuperação muscular.


5. Na fase de dor intensa aplica o gel Rocksprint Collagen Joint Complex para reduzir a dor e inflamação.


6. Faz banhos de água quente e fria ou aplica toalhas quentes e frias e até gelo, para ativar o fluxo sanguíneo e controlar a inflamação.


7. Faz exercícios complementares para relaxamento muscular, controlo da respiração/oxigenação e drenagem do excesso do edema causado pela inflamação. Eis alguns exercícios: Yoga, Pilates e Stretching ativo (alongamentos).


Ainda tens dúvidas sobre este tema, sobre suplementação ou nutrição desportiva? Podes tirar essas e muitas outras dúvidas, marcando um Aconselhamento Online, totalmente gratuito. Um serviço exclusivo Rocksprint. Marca aqui.



Por Carla Santos, Farmacêutica e Especialista em Nutrição Desportiva


>> Este artigo foi útil para ti? Subscreve a newsletter. É grátis. CLICA AQUI  <<